Manifesto Cogubras


     Estamos aqui para difundir uma nova cultura. Uma cultura de consciência e colaboração em prol do desenvolvimento, da produtividade e da qualidade de vida.

     O desenvolvimento na área da produção de cogumelos sofreu uma desaceleração, quase uma estagnação em nosso país por muitos anos, devido a vários fatores. Acreditamos que estes fatores têm uma raiz em comum: a cultura.

     Sim, pois no Brasil temos uma fantástica biodiversidade de cogumelos comestíveis crescendo naturalmente em nosso território. Temos também a disponibilidade de uma ampla variedade de materiais que podem ser utilizados para cultivar cogumelos. Vários destes materiais são resíduos da agroindústria e chegam a constituir problema ambiental. Com a crise atual, temos uma grande massa desempregada e precisando de alimentação com melhor qualidade. O preço dos alimentos, incluindo os cogumelos, tem subido de forma assustadora…

     Não podemos deixar de expor nossa visão. Vemos no cultivo de cogumelos uma grande oportunidade de transformação para o país. Acreditamos que com uma mudança cultural podemos estimular esta transformação.

    Dois objetivos devem ser buscados:

- o consumo de cogumelos precisa ser mais difundido.

- o cultivo de cogumelos precisa ser estimulado.

 Para tanto, diversas barreiras culturais precisam ser vencidas. Na Cogubras, buscamos atacar estas barreiras de maneira sistemática. Percebemos que as principais são:

- existe um medo/ aversão a cogumelos de maneira geral presente em nossa cultura;

- falta admiração/ encantamento com os aspectos positivos dos cogumelos;

- falta informação de como preparar/ utilizar;

- as pessoas em geral não vêem os cogumelos como alimentos da nossa cultura. Crêem que são alimentos estrangeiros;

- os produtores por muito tempo quiseram manter segredo das suas técnicas e criaram uma aura de dificuldade extrema na sua atividade.

     Nós queremos colaborar para mudar este cenário. Entendemos que não sairemos prejudicados por ensinar mais pessoas a tirarem proveito desta tecnologia. Temos a visão de que será mais fácil crescermos juntos. Tem espaço para crescermos muito. Tem espaço para muita gente produzir cogumelos, vender e consumir. Nossa produção e consumo de cogumelos se comparados àqueles de países europeus e asiáticos é ínfima.

     Com mais cultivo e consumo de cogumelos, teremos mais postos de trabalho e mais oportunidades de empreender, poderemos dar um destino ambientalmente mais correto a uma série de resíduos orgânicos, poderemos impulsionar o desenvolvimento econômico de regiões pobres e complementar o desenvolvimento de regiões ricas, com investimentos relativamente pequenos. Além disso, teremos benefícios nutricionais e de saúde para toda a população.

     Desta forma, nossa contribuição será buscar:

- eliminar o medo generalizado com relação a cogumelos. Esclarecer e informar. Educar para a precaução com relação ao consumo de produtos naturais desconhecidos, sejam eles do reino vegetal, animal ou fungi. Ensinar mais sobre os principais cogumelos comestíveis e sobre os principais cogumelos venenosos. Torná-los mais familiares. Fazendo uma analogia, não precisamos temer todos os animais, mas alguns sim. Da mesma maneira, devemos temer alguns cogumelos, outros não. Alguns são incríveis, admiráveis e fazem muito bem.

- exaltar os pontos positivos dos cogumelos, incluindo aspectos econômicos, ambientais, sociais, de saúde, de nutrição e gastronômicos.

- difundir informação sobre o cultivo de cogumelos. Oferecer base técnica e material para quem tiver interesse em cultivar, seja em pequena ou grande escala.

- estimular a pesquisa e divulgar a utilização de cogumelos por povos nativos brasileiros. Aprender mais com este conhecimento. Ressaltar uma origem genuinamente nacional da utilização de cogumelos como alimento e medicamento.

- estimular a criação de uma cultura nacional de cogumelos. Imaginamos que a criatividade e a arte brasileiras de que tanto nos orgulhamos pode ser aplicada ao cultivo e ao preparo de cogumelos de maneira a gerar resultados originais, com o nosso perfil.

- chamar a atenção da população para os benefícios à saúde que diversas substâncias produzidas por cogumelos têm demonstrado em estudos científicos e para o fato que a legislação e a indústria brasileiras estão muito atrasadas na avaliação das espécies de cogumelos medicinais e produtos medicinais derivados de cogumelos. De maneira objetiva, não existe cogumelo medicinal ou substância medicinal derivada de cogumelos com permissão para produção ou comercialização, no país. Este atraso faz com que exista um mercado não regulamentado, não fiscalizado e não taxado em nosso território. Pior… estamos perdendo os benefícios à saúde que produtos corretamente avaliados e produzidos poderiam nos trazer. Sem contar que perdemos oportunidades de desenvolvimento econômico também.

- chamar a atenção da população para o fato de que o Brasil apresenta uma rica biodiversidade de cogumelos e que alguns destes cogumelos podem representar verdadeiras riquezas inexploradas. Você poderia pensar no pre-sal como uma analogia. Mas o extrativismo de cogumelos é muito melhor, porque trata de recursos renováveis, se forem explorados de maneira sustentável. Em nosso país não existe, de maneira formal, a atividade profissional de coletor de cogumelos silvestres. Não existe regulamentação para a comercialização de nenhuma espécie de cogumelo silvestre, com exceção do funghi chileno e do porcini (ambos importados via de regra). Desta forma, desperdiçamos todo um potencial econômico e uma fonte significativa de alimento. Precisamos aprender com os povos europeus, asiáticos e até americanos, como os EUA e mesmo o Chile. Nosso desenvolvimento nessa área é próximo a zero. Basta ver os números para perceber o valor dos cogumelos silvestres no mercado mundial e o quanto estamos perdendo por não investir neste setor.

     Quer dizer… há muito a se fazer. Sabemos que não vamos fazer tudo sozinhos. Por isso queremos espalhar estas idéias. Queremos despertar a curiosidade, ensinar o que sabemos, estimular a ação.

     Não mediremos esforços para divulgar nosso ponto de vista e para ajudar a todos que mostrem interesse e que acreditem nas idéias expostas neste manifesto.

     Se esperarmos a mudança vir dos governantes ou dos grandes grupos, estamos literalmente roubados. Os esforços para construir um país mais produtivo e mais solidário devem ser práticos, objetivos, concretos e tangíveis. Devem dar oportunidades, respeito e perspectiva de crescimento e independência a todos.

     Nossa maneira de tomar ações concretas inclui:

- os kits de cultivo, para popularização de diferentes espécies de cogumelos, para as etapas iniciais do aprendizado no cultivo e para desmistificar a atividade, além de atrair a curiosidade para o assunto;

- organização de cursos de cultivo;

- participação em eventos, para expor produtos e idéias;

- organização de passeios guiados para identificação de cogumelos silvestres;

- coleta, produção e oferta de cogumelos novos no mercado local para chefs formadores de opinião;

- consultoria para produção;

- publicação de conteúdo informativo, incluindo receitas, dicas de cultivo, dados sobre ecologia e biodiversidade, nutrição e saúde.

     Entendemos mais claramente da nossa área de atuação, mas imaginamos que os mesmos princípios podem ser aplicados a outros setores. Esperamos trazer inspiração para ajudar a criar um futuro melhor do que aquele das previsões atuais.

     Precisamos de mudanças em nossa visão e em nosso comportamento. Mudanças na forma de colaborarmos e convivermos. Precisamos perceber que não precisamos de marketing social ou ambiental, precisamos de atitudes verdadeiramente sociais e ambientais. Precisamos de sinceridade, honestidade, transparência.

     Acreditamos que esta mudança virá inevitavelmente e será uma questão de sobrevivência. O limite será a percepção de que de nada adianta levar vantagem de maneira local se esse comportamento resulta em uma desvantagem global. Cedo ou tarde acabamos percebendo que desta forma vamos todos juntos para o fundo do poço. Por isso, o foco deve ser realizar aquilo que seja bom para todos, ainda que às custas de algum privilégio pessoal. Exatamente o contrário da postura ética aceita como correta no mundo hoje, tácita e inconscientemente.

     Em síntese: estamos aqui para compartilhar o que sabemos sobre cogumelos, porque acreditamos que isso trará coisas boas para todos. Esperamos que todos façam o mesmo.

Fechar
Fanpage Cogubras
Curta nossa página no Facebook e receba novidades, dicas, informações, curiosidades e receitas incríveis!